PORTAL OESTE NEWS

PORTAL OESTE NEWS
O QUE VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL OESTE NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 13 BLOGS, 1067 LINKS, DOIS ORKUTS, UM TWITTER, UM MSN E UMA PÁGINA MUSICAL, TOTALIZANDO 1085 ENDEREÇOS ELETRÔNICOS NA WEB. CRIADO A 28 DE DEZEMBRO DE 2008, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

quinta-feira, 16 de abril de 2009

JANEIRO

JANEIRO
01/01/1989 – O agricultor Antonio Francisco da Silva, vulgo Chico Antonio, foi assassinado com 5 cutiladas de faca-peixeira desferidas pelo indivíduo Francisco Welligntom da Silva, vulgo Chico de Zé Preto. O fato aconteceu na Rua Martiniano de Melo, na cidade de Rodolfo Fernandes.
02/01/2000 – O SOLDADO PM Edgar de Souza Júnior, foi baleado por volta das 3 horas da manhã e morreu no dia seguinte, no Hospital de Umarizal. O Autor do homicídio foi o ex-soldado PM Antonio de Oliveira, pelo motivo que no ano de 1996, o expolicial militar Antonio de Oliveira, que estava embriagado e amaaçando atirar nas pessoas num banheiro de um colégio público foi detido pelo Soldado Edgar, daí o soldado foi expulso da PM. Antonio de Oliveira entendeu que o soldado Edgar havia motivado sua expulsão da corporação. Daí o assassinou
02/01/2006 – Um dos elementos envolvidos no assalto à agência do Banco do Brasil, na cidade de Martins-RN, foi assassinado por volta das 17 horas, durante uma troca de tiros com os policiais militares do GTC de Mossoró. Zé Maria, como era conhecido, estava com documentos falsos no nome de - Henrique da Luiz, natural do Maranhão. Os policiais militares estavam sob o comando do tenente Inácio Brilhante, comandante do Pelotão PM de Caraúbas, chegaram no sítio Mororó, em Caraúbas e ao serem avistado pelos assaltantes foram recebidos com vários tiros. Durante a perseguição policial, o suspeito acabou sendo alvejado e morreu no local.
04/01/1998 – o Sargento PM nº 84.367, Vicente José Neto, natural de Mossoró, nascido a 24 de maio de 1965, filho de Macário José da Silva e de Rita Ferreira da Silva, foi assassinado na BR 405, próximo da cidade de Jos´´e da Penha, quando a vítima pilotava um moto e um veículo propositalmente o acidentou
03/01/2007 – O servidor público Augusto da Escóssia, 47 anos, funcionário do INNS-Instituto Nacional de Seguridade Social, agência de Mossoró, foi assassinado com requintes de crueldade. Seu corpo foi encontrado na Estrada da Raiz, na cidade de Mossoró, com as orelahas decepadas, e olhos perfurados. A vítima era homossexual assumido, sofreu um tiro na àbeça e foi torturado até a morte. Inicialmente, a Polícia efetuou a prisão de Galdino Soares de Souza, que depois de ser totalmente torturado pela polícia e passar vários dias na cadeia, as investigações mal conduzida descobre que Manoel Galdino era inocente
06/01/1985 – por volta das 16 horas, ocorreu uma grande tragédia na lagoa do Apodi, quando cinco pessoas de uma família faleceram afogadas nas águas da lagoa. As vítimas foram: Raimundo Valcides Pinto Filho natural de Apodi, nascido em 21 de julho de 1952, filho de Raimundo Valcides Pinto (25/12/36) e de Maria de Lourdes Bezerra Pinto (24/06/1934) e sua esposa Terezinha Nonato de Oliveira, e os filhos José Otto de Oliveira Pinto, Wanderlando de Oliveira Pinto, Vânia Maria de Oliveira Pinto. Valcides era escrivão da Delegacia de Polícia de Apodi
07/01/1980 – O soldado PM Nº 61.093 Antonio Soares Cavalcante., por volta das 21 horas, na cidadse de UMARIZAL FOI ASSASSINADO COM UM TIRO DE ESPINGARDA CALIBRE 12, QUE O ATINGIU NA CABEÇA, DESFECHADO PELO INDIVÍDUO CONHECIDO POR José Maria. A vítima teve morte instantânea. Criminoso evadiu-se do local do delito. O sepultamento do soldado aconteceu no Cemitério Público de Patu. O soldado PM nº 62.128 João Silvestre dos Santos atingiu com um disparo de revólver, calibre 38, o menor de 10 anos de idade, quando confundiu-se o menor com o criminoso, vez que ambos ausentaram-se do local do delito
8/10/1998 – Foi encontrado o corpo do agricultor seqüestrado Sales Batista Bernardino, conhecido pela alcunha de ‘SALES DE RAPOSO’. O corpo foi encontrado em estado de putrefação no sítio Baixa Fechada, município de Apodi. Sales tinha sido seqüestrado na noite do dia 01/10/98, de sua casa, no sítio Ponta, quando estava com sua esposa Maria Salete Bernardino, quando foi surpreendido por 4 homens encapuzados e armados.
10/01/1979 - O soldado PM nº 65.192 – JOSÉ APRÍGIO DE LUCENA, foi encontrado morto no município de Olho D’água do Borges-RN, Ma precisamente na fazenda do senhor Edgar, dentro de veículo tipo Fusquinha, placa MF-0052-RN, pertencente ao Soldado Lucena, totalmente carbonizado
12/01/1972 – a mulher prostituta Maria Ivanilda foi assassinada com 35 golpes de faca-peixeira e esquartejada num matagal no município de Caraúbas, hoje é o bairro Sebastião Maltez, por um homem conhecido por “Raimundo das Cachoras”, que totalmente furioso por ela não ter correspondido a seu amor. 35 anos depois, Maria Ivailda é lembrada como mártir, e o local do crime é visto como sagrado.
A devoção religiosa do lugar começou em 1973, com a construção de uma capelinha em honra a Ivanilda, morta aos três meses de gravidês. Foi construída pela dona-de-casa Francisca Alves Fernandes, 60 anos, motivada por uma graça alcançada. Francisca Fernandes foi uma das primeiras a acreditar no poder milagroso da prostituta assassinada. Ela conta que um dia depois do crime foi ao local do delito, e encontrou dois homens de Martins cobrindo o sangue dela com areia. Diziam que havia sonhado com ela na noite anterior e que, se não cobrisse o sangue, não haveria inverno naquele ano. Copincidência ou não, choveu no mesmo dia. E olhe que ainda não havia covido naquele ano e o inverno foi excelente, diferentemente do ano anterior que foi de seca total, conta dona Francisca Alves.
- Mártir Raimunda Ivanilda
13/01/1985 - O preso de Justiça João Batista Coriolano, vulgo “JOÃO DE MUNDICO”, aproveitando da inexperiência do Soldado PM nº 83.169 – Raimundo Rodrigues da Silva, que encontrava-se de cabo de dia na DP de Apodi, momento em que o mesmo estava jantando, momento em que o referido preso ainda encontrava-se na sela com a porta aberta, fugiu pelo interior da delegacia.

13/01/1987 – O garimpeiro José Helano, quando conduzia seu veículo tipo Fiat, placas IX-8820-Mossoró-RN, atropelou e matou uma criança de 3 anos de idade, de nome José Fábio, fato registrado na Rua Joaquim Teixeira de Moura, na cidade de Apodi.
13/01/1992 - ocorreu o assassinato do advogado Antônio Benevides Filho na cidade de Caraúbas, conhecido popularmente por Antonino Carneiro, era filho de Antonio Benevides Carneiro e Maria da Luz Gurgel. Foi assassinado por 3 homens desconhecidos às 19h30, com um tiro de espingarda calibre 12mm e 2 tiros de revólver calibre 38. O crime aconteceu quando a vítima estava em sua residência assistindo televisão.
13/01/1992 – Quando brincava com seus filhos, na área de sua casa, o advogado Antonino Benevides Carneiro é assassinado com vários tiros de espingarda calibre 12. O advogado era assessor da Câmara Municipal. A Polícia atribuiu a autoria intelectual do crime ao então prefeito Raimundo Amorim Fernandes, “Zimar Fernandes”, e execução do delegado de polícia, na época, tenente Gabriel Pires.
13/01/2003 - Felipe Guerra foi palco no início da madrugada desta data de uma tragédia, ocorreu naquela cidade um duplo homicídio envolvendo três pessoas integrantes de uma mesma família. O Soldado PM Nº 97.323 – ZUINGLO ALVES DE GOIS, natural de Felipe Guerra-RN, nascido em 3 de fevereiro de 1971, filho de Edivaldo Vicente da Silva e de Irene Cardoso de Góis, que era lotado na 7ª Delegacia Regional de Polícia, em Patu, foi assassinado com seis cutiladas de faca-peixeira desferidas pelo seu primo, o agricultor Elenilton Leite de Souza, 29 anos. O assassino, por sua vez, foi morto minutos depois com tiros de pistolas pelo irmão de Zuinglo de nome Zuilton Alves de Góis, vulgo “Bolo”.
O soldado Zuinglo, ainda agonizando no local em que foi surpreendido, entregou a sua pistola calibre 380 para o irmão Zuilton Alves, 30 anos, que acabava de chegar “in-loco” .A morte foi vingada minutos depois pelo irmão do soldado. Existia uma grande rivalidade entre Zuinglo e Elenilton motivada por uma prisão feita pelo policial que há tempo atrás havia o detido na Delegacia de Polícia de Felipe Guerra e no dia do ocorrido os dois se encontraram em um bar na Rua Paulo Barra, no bairro Cidade Alta. O primo do policial falou com o primo e disse que as divergências entre ambos a partir daquela data estavam acabadas e continuaram no estabelecimento. E em certo momento Elenilton foi a banheiro e ao retornar já de arma em punho sem que Zuinglo notasse, apertou a mão do primo e com a outra mão desferiu a primeira cutilada de faca-peixeira na vítima.

14/01/1992 – O soldado PM Nº 73.046 Geraldo Virginio de Souza, natural de Iracema-CE, nascido a 25 de junho de 1947, filho de Francisco Manuel da Costa e de Cláudia de Souza Granjeiro, assassinou a pessoa de Enitônio Gomes de Aguiar. O homicídio aconteceu na cidade de Rodolfo Fernandes, quando os irmãos Enitônio Gomes de Aguiar, José Eilson Filho, Martins Gomes de Aguiar e o soldado Geraldo Virgínio encontravam-se no Bar de Marcelo Eumanes Araújo Pinto, localizado na Rua Manoel Nobre, quando ocorreu uma discussão e em seguida provocando um tiroteio, onde nesse episódio a pessoa de Enitônio foi morto no local, e o soldado Geraldo saiu gravemente ferido. O motivo desse fato foi por causa de ciúme, tendo em vista que Enitõnio, e o soldado Geraldo gostava da mesma mulher. É brincadeira
14/01/1992 –

14/03/1999 – A anciã Maria do Carmo de Oliveira, de 61 anos, foi degolada e jogada dentro da lagoa do Apodi, crime com requintes de perversidade aconteceu por volta das 10h30, no sítio Espinheiro, em Apodi. Maria do Carmo tinha o hábito de sair de casa aos domingos para vender ovos e frutas de sua propriedade na cidade de Apodi. Sempre ia sozinha, na volta, os elementos Edgar Cardoso de Oliveira e Francisco Suélio pediu dinheiro a vítima, como a mesma disse que não tinha, os dois perigosos indivíduos cravou um punhal na garganta de Maria do Carmo.
14/01/2007 – O desocupado Elias Raimundo da Silva, conhecido como NEGO ELIAS, 36 anos, que residia no Sítio Pejoaca, município de José da penha, foi assassinado no centro da cidade de MAAJOR Sales, mas precisamente em frente ao Mercado Público. O principal acusado de ter cometido o delito é o agricultor Francisco Bastista da Silva, vulgo Nego Chico, 44 anos. Ele foi preso pelo sargento PM Andrade, delegado de polícia de MAJOR Sales.
A vítima havia praticado um crime de homicídio em Lu´s Gomes e estava foragido na zona rural de José da Penha

16/01/1999 - Um acidente do tipo choque entre um caminhão Mercedes Benz e uma camionete D-20, resultou na morte de Francisco do Carmo Pereira, e o funcionário da Barragem de Santa Cruz Fábio Rogério da Silva, o “CABEÇA”. Nesse grave acidente ocorrido próximo ao Posto de Santa Cruz, no KM 82 da BR 405, trecho Apodi/Itaú, saíram feridos Francisco Duarte Neto, “NETO DE BENEDITO”, Sebastião do Carmo, irmão de Francisco do Carmo e José Aristides. A camioneta era conduzida por Neto de Benedito.
17/01/2004 – O cabo PM j. Dantas, do 7º BPM, sediado em Pau dos Ferros, foi assassinado naquela cidade por um cunhado seu.
19/01/1981 – O soldado PM nº 80.372 Daniel da Silva, que era conhecido popularmente pela alcunha de BARAÚNA, nascido no Distrito de Baraúna, município de Mosoró, foi assassinado na cidade de João Dias-RN, quando tomou conhecimento que uma pessoa estava armado, tendo o policial militar, recém formado, sem experiência avisado a pessoa armada que guardasse a arma, pois o sargento iria desamá-lo, em seguida, o Soldado Daniel saiu do recinto, ao dar as costas, recebeu vários disparos de revólver, calibre 38. A vítima com 23 anos de idade, nascida a 22 de novembro de 1957
19/01/2007 – Pela manhã, o menor Francisco de Oliveira, 8 anos, foi retirado sem vida de dentro do Açude Boa Vista, no município de Apodi. A vítima caiu dentro de um buraco submerso.

22/01/1987 - Por volta das 21h00, na Br 405, trecho Apodi/Melancias, ocorreu um grave acidente automobilístico, envolvendo o veículo tipo Fiat, conduzido pelo motorista Sebastião Costa Oliveira, que faleceu “in-loco” e um Corcel que era conduzido por Francisco Xavier Maia, que saiu gravemente ferido, posteriormente foi transferido para São Paulo. No Corcel viajava mais 4 pessoas: Maria Soares Maia , Dina de Souza Menezes Costa, Irene Lira Maia e Maria Arlete Menezes. Faleceram no local as pessoas de Maria Soares Menezes e Dina de Souza Menezes Costa. As vítimas foram socorridas na Maternidade Claudina Pinto, em Apodi e em seguida foram transferidas para a cidade de Mossoró. Os ocupantes do Corcel viajavam do Acre para a cidade de José da Penha, passando por Mossoró e encontrando um motorista embriagado que fazia zig-zague na rodovia, causando essa grande tragédia.
23/01/1995 – A pessoa de HILÁRIO ANTONIO DA COSTA foi suspeito de haver assassinou a pessoa de Feliciano Freire da Silveira , com vários tiros e baleou a pessoa de Francisco Hlanda Costa, fato registrado na comunidade de Melancias, em Apodi. De acordo com o suspeito o mesmo por ocasião desse delito se encontrava residindo no Estado do Pará. Ele foi a julgamento pelo Tribunal do Júri Popular pela Comarca de Apodi no dia 15 de março de 2007 e foi livre pelo placar de 6x1.


23/01/2005 – O agente de Polícia Civil Manoel André de Albuquerque, lotado na Delegacia de Polícia de Caraúbas, matou com 12 tiros de pistola o preso de Justiça Lourinaldo Xavier de Oliveira, 26 anos, que morava no sítio Pedrez, em Caraúbas. O crime aconteceu por volta das 15 horas, na cozinha da DP de Caraúbas, quando o preso era escoltado por cinco integrantes do Grupo Tático de Combate-CGT, de Caraúbas. A vítima havia ameaçado de morte o policial ANDRÉ por não permitir, durante seus plantões, que houvesse regalias para os presos. No dia anterior o preso de Justiça havia retornado para o xadrez depois de ter fugido, daí Lourinaldo começou a chama-lo de otário, dizendo que não era para ele ter retornado para prejudicar o André, que ouviu toda essa conversa no corredor da DP. Lourinaldo queria ainda que o preso dissesse


25/01/1841 – O senhor Antonio Ferreira da Costa. Natural de Mossoró – da família Butrago, inimiga do Padre Francisco Longino Guilherme de Melo (Mossoró, 15/03/1802 – 30/03/1876), é barbaramente assassinado à margem da Lagoa do Apodi. Foi alvejado com tiros de bacamarte com duas balas que traspassaram o peito, e 8 horríveis facadas de penetrante espada, tudo praticado por uma capanga de nome João Evangelista, natural do Ceará, a mando de Dona Francisca Gomes de Oliveira, casada com o capitão Francisco Cândido das Chagas de Souza. Mulher varonil e atleta, a pedido do padre mossoroense Francisco Longino.
25/01/1991 – O sargento PM nº 84.522 - Duarte Trigueiro, natural de Natal, filho de José Triguyeiro Sobrinho e de Maria Virgínia Trigueiro, nascido a 10 de novembro de 1962, foi assassinado no município de São Rafael-RN. Quando na época exercia o cargo de delegado de polícia daquele município e foi até o Sítio Burgi, tentar resolver uma questão de terra, tendo recebido vários tiros de arma de fogo
26/01/1986 – O agropecuarista Maurício Benevides Carneiro foi assassinado na porta da extinta Penitenciária João Chaves, em Natal, por ocasião de uma rebelião, seguida de fuga.
28/01/1999 - O inventor Dorival Salviano, 34 anos, residente em Caraúbas, morreu por volta das 18 horas, na localidade de Sabe Muito, na RN 233, entre Caraúbas e Apodi. O carro que ele dirigia capotou várias vezes jogando o corpo de Salviano fora, que teve morte imediata com afundamento no crânio.

29/01/2005 -O professor estadual Isau Alves de Góis, 51 anos, , foi assassinado com cinco facadas desferidas pelo indivíduo Francisco Fransueldo Leite da Silva. 35 anos, feto registrado por volta das 14 horas no cabaré de Tânia. Vítima e acusado bebiam juntos, e começaram uma discussão, os dois trocaram insultos até que partiram para o combate corporal. Isaú sofreu cinco facadas e veio a óbito no local.

30//01/1995 – O soldado PM Nº 92.073 José David Soares, natural de Lagoa Nova, nascido a 15 de agosto de 1972, filho de Inácio BEZERRA DE Oliveira e de Maria Carmelita de Oliveira, foi vítima fatal de acidente de trânsito, quandoi por volta das 4 horas, na RN 118 que liga Caicó a Jucurutu, próximo ao Sítio Quixadá, um Caminhão Mercedes Benz, de propriedade da possoa identificada por Gilvan, qua trafegava de Mossoró a Caicó, transportando uma carga de cimento, perdeu o controle e em seguida tomando no local, deixando como vítima Severino Neto, que viajava de carona.
31/01/1954 – uma grande briga de família entre as famílias Galdino e Freitas. Registrada no prédio da Escola Rural do sítio Córrego das Missões, no município de Apodi, pelas 15 horas, quando remanescentes de uma feira que comumente se verificava naquele lugarejo, estavam se deliciando em “valsas” que ali decorriam em meio de muita animação.
Um fútil motivo entre membros das duas famílias que não se viam com bons olhos, cada qual preferindo que fosse executada determinada parte para dançar, se consumou no aniquilamento quase total de ambas. É que, conseqüência, teria Delmiro Galdino de Souza, nascido em 6 de julho de 1929, desacatado Francisco de Freitas, este solteiro e aquele casado, atirando um tamborete sobre os peitos, de que resultou terem os irmãos do primeiro se associado à luta, matando o agredido a faca e tiros de revólver. O pai deste, ao ouvir as denotações, logo previu poder tratar-se de alterações provocadas pelos Galdino, de quem era desafeto, indo ao local, onde “in-loco” foi recebido com um tiro desfechado por Antonio Galdino de Souza, nascido em 10 de maio de 1895, pai dos demais que eliminaram a Francisco de Freitas.
Ao receber o primeiro tiro que atingiu no antebraço esquerdo, José Manuel revidou a agressão com arma idêntica, atingindo mortalmente Antonio Galdino, e atirando à morte de seu filho nos que o atacavam, em número aproximado de cinco Galdino.
Saíram feridos em conseqüências, o de nome Delmiro, que veio a falecer às 22 horas do dia 31 de janeiro de 1954; Francisco, hospitalizado no hospital da cidade de Mossoró, com braço da iminência de ser amputado; José Galdino, ferido no couro cabeludo e recolhido à cadeia pública de Apodi; José Manuel de Freitas, que havia galgado a defensiva do prédio da escola, rendendo-se, por último, por falta de munição, para ser morto a corte de faca-peixeira e arma curta pelos Galdino.
Os cadáveres em número de quatro, foram sepultados na manhã do 1º de fevereiro no Cemitério Público São Sebastião em Apodi, em cujo meio teve o fato uma larga repercussão.
José Manoel de Freitas, de 46 anos de idade, e seu filho Francisco de Freitas, de 24 anos, eram moradores do senhor Sólon Nogueira, em uma fazenda de gado no município de Apodi. Antonio Galdino, de 59 anos, e seu filho Delmiro Galdino, com 28 anos, bem assim os demais sobreviventes em número de sete, residiam no sítio Córrego há pouco menos de dois anos, onde adquiriram terras de propriedades do senhor Otacílio Custódio, conhecido como Preto Custódio.
Visualizar

O QUE É CRIME (DELITO)

O QUE É CRIME (DELITO)
CRIME, em termos jurídicos, é toda conduta típica, antijuridíca e culpável, praticada por um ser humano. Em um sentido vulgar, crime é um ato que viola uma norma moral. Num sentido formal, crime é uma violação da lei penal incriminadora. No conceito material, crime é uma ação ou omissão que se proíbe e se procura evitar, ameaçando-a com pena, porque constitui ofensa (dano ou perigo) a um bem jurídico individual ou coletivo. Como conceito analítico, crime é a ação ou omissão típica, ilícita e culpável. Para muitos adeptos da conceito analítico, crime é ação ou omissão típica e ilícita. Sendo a culpabilidade um pressuposto da pena e a periculosidade um pressuposto da medida de segurança.